sábado, 30 de junho de 2012

O "making off" de logo da Google feito por um usuário apaixonado pelo Google+

Alex Koloskov, um fotógrafo profissional e um dos donos do site de fotografia em estúdio Photigy, juntamente com Genia Larionova fizeram o logo acima da Google em homenagem ao aniversário do Google+.

A técnica utilizada foi de fotografar (milhares de vezes) tintas nas cores do logo original da empresa de buscas jogadas pelo próprio fotógrafo até conseguir o efeito desejado.



Veja a declaração do Fotógrafo sobre o Google+:


Este é o nosso presente (meu e de + Genia Larionova) para Google Plus pelo seu primeiro aniversário.
Nós verdadeiramente amamos o G+, esta é a única rede social onde nos sentimos em casa. Aqui encontramos tantos amigos, conhecemos tantas pessoas com opiniões semelhantes, e criamos rapidamente uma interessante e crescente comunidade de fotógrafos de estúdio.
Posso dizer que o Google Plus mudou as nossas vidas de várias maneiras, e abriu muitas possibilidades que não existiam antes.
Eu estive publicando em blogs por vários anos, e só no Google Plus eu achei a rede social que tem a melhor combinação de características feitas da maneira correta.
Obrigado à Equipe do Google+ pelo excelente trabalho, obrigado a todos que nos encontramos aqui e que nos apoiaram!


No vídeo abaixo você pode ter uma ideia do trabalho que deu fazer esse logo da Google. Mas o trabalho ficou realmente PERFEITO.

     

Gmail ultrapassa Hotmail e se torna o serviço de email mais utilizado no mundo

Nesta semana, a Google anunciou por meio do seu blog oficial que o Gmail tem agora mais de 425 milhões de usuários ativos em todo o mundo - uma grande façanha, considerando que tudo começou com uma despretensiosa versão beta lançada em abril de 2004. 

Esse anúncio feito pela Google significa que o Gmail agora é o maior serviço de e-mail no mundo, deixando para trás pela primeira vez, os antigos líderes do mercado Hotmail da Microsoft e Yahoo Mail. 

Quem nunca usou o Yahoo Mail ou mesmo o Hotmail no passado ou até hoje? Muitos usuários ainda mantem suas contas ativas nesse serviço, mas uma grande parte deles apenas redirecionando-os para suas contas principais no Gmail com o incrível serviço de Coletor de E-mails do Gmail.

Em julho do ano passado, durante seu aniversário de 15 anos, a Microsoft anunciou que seus usuários do Hotmail tinham crescido para 360 milhões de usuários ativos, tornando-se então o mundo maior serviço de e-mail mundial.

No entanto, a empresa americana de estatísticas da internet comScore afirmou que a Google "tem bem menos visitantes únicos e ainda dá a liderança para o Hotmail e Yahoo".

Números mais recentes da comScore informam que o Hotmail tem mais de 325 milhões de visitantes únicos, enquanto o Gmail só tem 289 milhões de usuários. Andrew Lipsman, vice-presidente da comScore afirmou, no entanto, que seus dados se baseiam em usuários únicos globais, o que significa que alguns usuários são deixados de fora, principalmente aqueles que acessam seus e-mails através de dispositivos móveis e lan-houses, o que pode explicar a grande diferença de seus números em relação aos anunciados pelas empresas.

Fonte: Ubergizmo

Gmail ultrapassa Hotmail e se torna o serviço de email mais utilizado no mundo



Nesta semana, a Google anunciou por meio do seu blog oficial que o Gmail tem agora mais de 425 milhões de usuários ativos em todo o mundo - uma grande façanha, considerando que tudo começou com uma despretensiosa versão beta lançada em abril de 2004. 

Esse anúncio feito pela Google significa que o Gmail agora é o maior serviço de e-mail no mundo, deixando para trás pela primeira vez, os antigos líderes do mercado Hotmail da Microsoft e Yahoo Mail. 

Quem nunca usou o Yahoo Mail ou mesmo o Hotmail no passado ou até hoje? Muitos usuários ainda mantem suas contas ativas nesse serviço, mas uma grande parte deles apenas redirecionando-os para suas contas principais no Gmail com o incrível serviço de Coletor de E-mails do Gmail.

Em julho do ano passado, durante seu aniversário de 15 anos, a Microsoft anunciou que seus usuários do Hotmail tinham crescido para 360 milhões de usuários ativos, tornando-se então o mundo maior serviço de e-mail mundial.

No entanto, a empresa americana de estatísticas da internet comScore afirmou que a Google "tem bem menos visitantes únicos e ainda dá a liderança para o Hotmail e Yahoo".

Números mais recentes da comScore informa que o Hotmail tem mais de 325 milhões de visitantes únicos, enquanto o Gmail só tem 289 milhões de usuários. Andrew Lipsman, vice-presidente da comScore afirmou, no entanto, que seus dados se baseiam em usuários únicos globais, o que significa que alguns usuários são deixados de fora, principalmente aqueles que acessam seus e-mails através de dispositivos móveis e lan-houses, o que pode explicar a grande diferença de seus números em relação aos anunciados pelas empresas.

Fonte: Ubergizmo

terça-feira, 19 de junho de 2012

Temas personalizados no Gmail: Dê a sua cara ao Gmail



Personalizar o Gmail com temas (imagens de pano de fundo) não é novidade. O recurso existe desde 2008. Mas, nos próximos dias, os temas do Gmail ficarão mais personalizados. 


Em texto publicado no blog oficial do Gmail, a Google anuncia que nos próximos dias os usuários do webmail poderão usar suas próprias fotos como fundo de tela. Será possível fazer o upload de uma foto disponível no seu computador ou celular, uma imagem publicada no Google+ ou simplesmente colar o endereço de qualquer imagem publicada na web.

O Gmail também disponibilizará uma galeria de imagens que poderão ser usadas como tema, caso o usuário não tenha uma foto adequada para usar. A Google fornecerá dois padrões de texto, claro e escuro, para assegurar o contraste adequado de acordo com as cores disponíveis na foto. 

O novo recurso será ativado nos próximos dias. Para usá-lo, bastará acessar a opção Temas, no menu Configurações do Gmail, e clicar na seção de Temas Personalizados.

Veja o vídeo disponibilizado pela Equipe do Gmail sobre o novo recurso:


Temas personalizados no Gmail: Dê a sua cara ao Gmail


Personalizar o Gmail com temas (imagens de pano de fundo) não é novidade. O recurso existe desde 2008. Mas, nos próximos dias, os temas do Gmail ficarão mais personalizados. 

Em texto publicado no blog oficial do Gmail, a Google anuncia que nos próximos dias os usuários do webmail poderão usar suas próprias fotos como fundo de tela. Será possível fazer o upload de uma foto disponível no seu computador ou celular, uma imagem publicada no Google+ ou simplesmente colar o endereço de qualquer imagem publicada na web.

O Gmail também disponibilizará uma galeria de imagens que poderão ser usadas como tema, caso o usuário não tenha uma foto adequada para usar. A Google fornecerá dois padrões de texto, claro e escuro, para assegurar o contraste adequado de acordo com as cores disponíveis na foto. 

O novo recurso será ativado nos próximos dias. Para usá-lo, bastará acessar a opção Temas, no menu Configurações do Gmail, e clicar na seção de Temas Personalizados.

Veja o vídeo disponibilizado pela Equipe do Gmail sobre o novo recurso:



segunda-feira, 18 de junho de 2012

Microsoft anuncia o Surface, o seu tablet com teclado para concorrer com o iPad

A Microsoft lançou um tablet próprio, o Surface, com sistema Windows 8, num evento nesta segunda-feira em Los Angeles, nos EUA.

O Surface tem tela de 10,6 polegadas, espessura de 9,3 mm e peso de cerca de 700 g, segundo o "The Verge".
O equipamento vem com um teclado de 3 milímetros acoplado, além de entrada USB e um suporte. Também inclui uma caneta digital.

O teclado é embutido na capa do Surface, a Touch Cover, que terá várias opções de cor.
O Surface virá com o pacote Microsoft Office.
O Surface terá versões de espaço interno entre 32 Gbytes e 128 Gbytes, com "preços competitivos", segundo Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft.

Veja o vídeo promocional do teclado Surface da Microsoft:



O que você achou? Concorrente do iPad?


Fonte:  Folha

Microsoft anuncia o Surface, o seu tablet com teclado para concorrer com o iPad


A Microsoft lançou um tablet próprio, o Surface, com sistema Windows 8, num evento nesta segunda-feira em Los Angeles, nos EUA.

O Surface tem tela de 10,6 polegadas, espessura de 9,3 mm e peso de cerca de 700 g, segundo o "The Verge".

O equipamento vem com um teclado de 3 milímetros acoplado, além de entrada USB e um suporte. Também inclui uma caneta digital.

O teclado é embutido na capa do Surface, a Touch Cover, que terá várias opções de cor.

O Surface virá com o pacote Microsoft Office.

O Surface terá versões de espaço interno entre 32 Gbytes e 128 Gbytes, com "preços competitivos", segundo Steve Ballmer, executivo-chefe da Microsoft.

Veja o vídeo promocional do teclado Surface da Microsoft:


O que você achou? Concorrente do iPad?

Fonte:  Folha

sábado, 16 de junho de 2012

Usuários do Internet Explorer 7 terão de pagar taxa extra pelo uso do navegador



O site australiano de vendas varejistas on-line Kogan.com é o primeiro site no mundo a cobrar "imposto" dos usuários do navegador internet Explorer 7 (IE7) da Microsoft.


A partir de agora, os clientes que usarem o IE7 terão de pagar uma taxa extra sobre compras on-line feitas por meio do site da empresa.


O Presidente-Executivo da empresa, Ruslan Kogan, disse à BBC que ele queria recuperar o tempo e os custos envolvidos em "tornar o site compatível com um navegador antigo".

A taxa foi definida para 6,8%, correspondendo a 0,1% para cada mês cotados desde o lançamento do IE7. Além disso, a cada mês, a taxa aumentará em 0,1%.

IE7 = Custo elevado


Segundo o Sr. Kogan a idéia nasceu quando a empresa começou a trabalhar na melhoria do site de vendas on-line. Segundo ele, apesar de apenas 3% de seus clientes usarem a versão antiga do navegador da Microsoft, sua equipe de Tecnologia vivia ocupada desenvolvendo adaptações para fazer com que as páginas fossem exibidas corretamente no IE 7.

"Eu estou constantemente junto à equipe de desenvolvimento da web. A quantidade de trabalho e esforço envolvidos em fazer o nosso site parecer normal no IE7 se iguala ao tempo necessário para projetar e desenvolver para os outros 3 navegadore Chrome, Safari e Firefox juntos."

O Sr. Kogan disse ainda que acha improvável que alguém realmente vá pagar as taxas adicionais. Seu objetivo, no entanto, é incentivar que os usuários utilizem uma versão mais atualizada do Internet Explorer ou um navegador diferente.

O feedback que tem recebido dos seus clientes mostra que a decisão foi acertada, pois seus clientes ficaram felizes com o esforço do site em promover uma internet mais segura e com navegadores atualizados.

O IE7 foi lançado em 2006 e desde então, a Microsoft já divulgou pelo menos duas grandes atualizações para o navegador. 

Se você usa o IE7 está na hora de atualizá-lo, certo? Ou quem sabe, passar a usar outro navegador como o Chrome, o Safari e o Firefox). A decisão é sua.

Fonte: BBC-UK

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Usuários do Internet Explorer 7 terão de pagar taxa extra pelo uso do navegador



O site australiano de vendas varejistas on-line Kogan.com é o primeiro site no mundo a cobrar "imposto" dos usuários do navegador internet Explorer 7 (IE7) da Microsoft.

A partir de agora, os clientes que usarem o IE7 terão de pagar uma taxa extra sobre compras on-line feitas por meio do site da empresa.

O Presidente-Executivo da empresa, Ruslan Kogan, disse à BBC que ele queria recuperar o tempo e os custos envolvidos em "tornar o site compatível com um navegador antigo".

A taxa foi definida para 6,8%, correspondendo a 0,1% para cada mês cotados desde o lançamento do IE7. Além disso, a cada mês, a taxa aumentará em 0,1%.

IE7 = Custo elevado

Segundo o Sr. Kogan a idéia nasceu quando a empresa começou a trabalhar na melhoria do site de vendas on-line. Segundo ele, apesar de apenas 3% de seus clientes usarem a versão antiga do navegador da Microsoft, sua equipe de Tecnologia vivia ocupada desenvolvendo adaptações para fazer com que as páginas fossem exibidas corretamente no IE 7.

"Eu estou constantemente junto à equipe de desenvolvimento da web. A quantidade de trabalho e esforço envolvidos em fazer o nosso site parecer normal no IE7 se iguala ao tempo necessário para projetar e desenvolver para os outros 3 navegadore Chrome, Safari e Firefox juntos."

O Sr. Kogan disse ainda que acha improvável que alguém realmente vá pagar as taxas adicionais. Seu objetivo, no entanto, é incentivar que os usuários utilizem uma versão mais atualizada do Internet Explorer ou um navegador diferente.

O feedback que tem recebido dos seus clientes mostra que a decisão foi acertada, pois seus clientes ficaram felizes com o esforço do site em promover uma internet mais segura e com navegadores atualizados.

O IE7 foi lançado em 2006 e desde então, a Microsoft já divulgou pelo menos duas grandes atualizações para o navegador. 

Se você usa o IE7 está na hora de atualizá-lo, certo? Ou quem sabe, passar a usar outro navegador como o Chrome, o Safari e o Firefox). A decisão é sua.

Fonte: BBC-UK

domingo, 10 de junho de 2012

Google usa reCAPTCHA para combater spam e digitalizar livros antigos. Saiba como funciona.



Você sabe o que é CAPTCHA? O "Completely Automated Turing Test To Tell Computers and Humans Apart" ou CAPTCHA é um programa desenvolvido para testar se o usuário é humano ou um computador. Somente humanos podem ler as palavras distorcidas do CAPTCHA e fazendo uso dele, sites, blogs, fóruns, portais, etc. podem previnir-se contra spam e máquinas utilizadas para se passarem por humanos para obter benefícios. O programa foi criado em 2000 por uma equipe da Carnegie Mellon University, tendo sido usado pela primeira vez pelo Yahoo. 

O que talvez muita gente não saiba é que ao usar o reCAPTCHA, projeto criado pela School of Computer Science, o usuário está ajudando a digitalizar livros para o Internet Archive. As palavras que aparecem aleatoriamente e distorcidas fazem parte na verdade de digitalizações de livros velhos. E quando a palavra em questão é digitada, ela é automaticamente reconhecida. Portanto, ao estimar-se que cerca de 200 milhões de captchas são resolvidos diariamente em todo o mundo e que cada pessoa gaste cerca de 10 segundos nisso, totalizando mais de 150 mil horas que estariam sendo trabalhadas num único dia, não fica difícil aceitar que isso realmente funcione. A tecnologia do reCAPTCHA  foi adquirida pela Google em 2009.

Veja como funciona:

Existe um software chamado Optical Character Recognition (OCR) que reconhece letras digitalizadas, o que permite que livros inteiros sejam digitalizados e o seu texto reconhecido.  Porém, nem todas as palavras são decifradas corretamente, principalmente no caso de livros antigos nos quais as letras podem não estar tao claras.



É aí que entra o reCAPTCHA. Ele mostra para nós, randomicamente, duas palavras: 
Uma delas ele já conhece, é essa palavra que vai testar se você é um bot ou não. A outra imagem é uma palavra desconhecida que o OCR não conseguiu ler, é você que vai ajudar a decifrá-la! 


O ReCAPTCHA conclui que se você digitou correto a primeira, provavelmente também acertará a segunda, vai comparar essa resposta com de várias outras pessoas,e se uma porcentagem grande de pessoas deu a mesma resposta provavelmente está correta e vai para a versão digitalizada do livro.



Atualmente, os serviços do reCaptcha estão sendo utilizados para digitalizar as antigas edições do jornal americano New York Times e livros da Google Books. Mas de acordo com a Google, o serviço não se limita a isso. A tecnologia reCAPTCHA também é utilizada para reconhecer endereços, nomes de ruas e até mesmo placas e sinais de trânsito mostrados pelo Google Street View.

Se você tem um site na internet, você pode evitar SPAM colocando o reCAPTCHA no seu site. Além de se livrar do SPAM, você ainda estará contribuindo com a digitalização de livros antigos.

Veja o vídeo com o criador da tecnologia CAPTCHA e reCAPTCHA: Luis von Ahn:

   

Google usa reCAPTCHA para combater spam e digitalizar livros antigos. Saiba como funciona.




Você sabe o que é CAPTCHA? O "Completely Automated Turing Test To Tell Computers and Humans Apart" ou CAPTCHA é um programa desenvolvido para testar se o usuário é humano ou um computador. Somente humanos podem ler as palavras distorcidas do CAPTCHA e fazendo uso dele, sites, blogs, fóruns, portais, etc. podem previnir-se contra spam e máquinas utilizadas para se passarem por humanos para obter benefícios. O programa foi criado em 2000 por uma equipe da Carnegie Mellon University, tendo sido usado pela primeira vez pelo Yahoo. 

O que talvez muita gente não saiba é que ao usar o reCAPTCHA, projeto criado pela School of Computer Science, o usuário está ajudando a digitalizar livros para o Internet Archive. As palavras que aparecem aleatoriamente e distorcidas fazem parte na verdade de digitalizações de livros velhos. E quando a palavra em questão é digitada, ela é automaticamente reconhecida. Portanto, ao estimar-se que cerca de 200 milhões de captchas são resolvidos diariamente em todo o mundo e que cada pessoa gaste cerca de 10 segundos nisso, totalizando mais de 150 mil horas que estariam sendo trabalhadas num único dia, não fica difícil aceitar que isso realmente funcione. A tecnologia do reCAPTCHA  foi adquirida pela Google em 2009.

Veja como funciona:

Existe um software chamado Optical Character Recognition (OCR) que reconhece letras digitalizadas, o que permite que livros inteiros sejam digitalizados e o seu texto reconhecido.  Porém, nem todas as palavras são decifradas corretamente, principalmente no caso de livros antigos nos quais as letras podem não estar tao claras.


É aí que entra o reCAPTCHA. Ele mostra para nós, randomicamente, duas palavras: 

Uma delas ele já conhece, é essa palavra que vai testar se você é um bot ou não. A outra imagem é uma palavra desconhecida que o OCR não conseguiu ler, é você que vai ajudar a decifrá-la! 

O ReCAPTCHA conclui que se você digitou correto a primeira, provavelmente também acertará a segunda, vai comparar essa resposta com de várias outras pessoas,e se uma porcentagem grande de pessoas deu a mesma resposta provavelmente está correta e vai para a versão digitalizada do livro.


Atualmente, os serviços do reCaptcha estão sendo utilizados para digitalizar as antigas edições do jornal americano New York Times e livros da Google Books. Mas de acordo com a Google, o serviço não se limita a isso. A tecnologia reCAPTCHA também é utilizada para reconhecer endereços, nomes de ruas e até mesmo placas e sinais de trânsito mostrados pelo Google Street View.

Se você tem um site na internet, você pode evitar SPAM colocando o reCAPTCHA no seu site. Além de se livrar do SPAM, você ainda estará contribuindo com a digitalização de livros antigos.

Veja o vídeo com o criador da tecnologia CAPTCHA e reCAPTCHA: Luis von Ahn:

   

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Novidade no Orkut: Respostas Populares nas comunidades

A equipe do Orkut continua com a estratégia de implementar novidades na rede social pioneira no Brasil. Agora é a vez da implementação das respostas populares nas comunidades do Orkut.

Veja como funciona.


Sempre que um tópico é criado nas comunidades, surgem logo uma grande quantidade de respostas. Quando os membros da comunidade gostam das respostas, eles podem clicar no botão "Gostou?" e expressar como sentem.

Pois bem, aquelas respostas com mais marcações do botão "Gostou?" passam a ser destacadas nos tópicos a passam a aparecer logo abaixo da pergunta, ficando fáceis de serem visualizadas rapidamente por todos os membros daquela comunidade que acessarem aquele tópico.

Veja um exemplo abaixo:



Além disso, clicando-se no link "Ver mais respostas populares" será aberta uma nova página com as respostas mais marcadas com o botão "Gostou?" naquele tópico.

Então agora é a hora de você sempre se expressar com o botão "Gostou?" nos tópicos das comunidades onde você participa para que aquelas respostas que mais agradam aos usuários passem a ser mostradas com destaque  e fiquem mais fáceis de serem visualizadas pelos demais usuários da comunidade.


O recurso está sendo implementado a partir de hoje em todas as comunidades do Orkut. Confira nas suas comunidades preferidas e não se esqueça de marcar as respostas que mais te agrada com o botão "Gostou?".


                                                          Fonte: Blog do Orkut






Novidade no Orkut: Respostas Populares nas comunidades

A equipe do Orkut continua com a estratégia de implementar novidades na rede social pioneira no Brasil. Agora é a vez da implementação das respostas populares nas comunidades do Orkut.

Veja como funciona.

Sempre que um tópico é criado nas comunidades, surgem logo uma grande quantidade de respostas. Quando os membros da comunidade gostam das respostas, eles podem clicar no botão "Gostou?" e expressar como sentem.

Pois bem, aquelas respostas com mais marcações do botão "Gostou?" passam a ser destacadas nos tópicos a passam a aparecer logo abaixo da pergunta, ficando fáceis de serem visualizadas rapidamente por todos os membros daquela comunidade que acessarem aquele tópico.

Veja um exemplo abaixo:


Além disso, clicando-se no link "Ver mais respostas populares" será aberta uma nova página com as respostas mais marcadas com o botão "Gostou?" naquele tópico.

Então agora é a hora de você sempre se expressar com o botão "Gostou?" nos tópicos das comunidades onde você participa para que aquelas respostas que mais agradam aos usuários passem a ser mostradas com destaque  e fiquem mais fáceis de serem visualizadas pelos demais usuários da comunidade.

O recurso está sendo implementado a partir de hoje em todas as comunidades do Orkut. Confira nas suas comunidades preferidas e não se esqueça de marcar as respostas que mais te agrada com o botão "Gostou?".





domingo, 3 de junho de 2012

Facebook declara guerra à Google: Substitui o Google Chrome pelo Opera entre os navegadores recomendados pelo site



E a guerra começou: O Facebook retirou o navegador Google Chrome da lista de navegadores suportados pelo site e passou a recomendar a utilização do Opera, entre outros, como uma melhor alternativa para a visualização da rede social.

Após os rumores do Facebook estava para adquirir Opera. Isso é significativo, pois o Google+ é concorrente direto do Facebook. Só agora parece que Mark Zuckerbert decidiu tomar ações efetivas contra o rival, já que agora o Facebook não mais recomenda o Chrome para os seus quase 1 bilhão de usuários ativos.

De acordo com o site americano StatCounter, o Chrome ultrapassou o Internet Explorer durante a semana de 14 a 20 de maio e se tornou o navegador mais popular do mundo. O Internet Explorer da Microsoft ainda tem a liderança nos Estados Unidos, mas o crescimento na utilização do Chrome é cada vez maior em regiões como a América do Sul, Índia e Europa.  Esta estatística indica que a utilização do Chrome é muito grande no Facebook para que a empresa passe a ignorá-lo. 

Enquanto isso, o Presidente da Google, Larry Page, em comunicado aos investidores em abril disse que a rede social da companhia, o Google+ agora tem mais de 100 milhões de usuários ativos, que é maior que os 90 milhões de usuários totais anunciados em janeiro. Para ele, a rede é um produto integral que vai ajudar no crescimento da empresa. Apesar das metas ousadas da Google, o Facebook ainda reina absoluto no mercado das redes sociais com sua base de usuários quase 10 vezes maior que a da concorrente.

Também Facebook está beliscando os calcanhares da Google, em termos de visitas únicas nos Estados Unidos. Segundo a empresa de pesquisa Nielsen, 171,3 milhões de visitantes únicos dos Estados Unidos visitaram os sites do Google em abril, que ficou em 1º lugar. O Facebook ficou em segundo lugar com 151,5 milhões. Curiosamente, o Facebook conseguiu prender a atenção de cada pessoa cerca de cinco horas a mais. Então, o que esses números significam? 

O Facebook domina as redes sociais. A Google domina a web. Ambos querem invadir o espaço do outro. A Google planeja fazer isso com o Google+, enquanto que o Facebook está se preparando para a batalha com a aquisição do navegador Opera. Esta competição acirrada significa somente uma coisa... guerra.

Fonte: 9to5google

Facebook declara guerra à Google: Substitui o Google Chrome pelo Opera entre os navegadores recomendados pelo site



E a guerra começou: O Facebook retirou o navegador Google Chrome da lista de navegadores suportados pelo site e passou a recomendar a utilização do Opera, entre outros, como uma melhor alternativa para a visualização da rede social.

Após os rumores do Facebook estava para adquirir Opera. Isso é significativo, pois o Google+ é concorrente direto do Facebook. Só agora parece que Mark Zuckerbert decidiu tomar ações efetivas contra o rival, já que agora o Facebook não mais recomenda o Chrome para os seus quase 1 bilhão de usuários ativos.

De acordo com o site americano StatCounter, o Chrome ultrapassou o Internet Explorer durante a semana de 14 a 20 de maio e se tornou o navegador mais popular do mundo. O Internet Explorer da Microsoft ainda tem a liderança nos Estados Unidos, mas o crescimento na utilização do Chrome é cada vez maior em regiões como a América do Sul, Índia e Europa.  Esta estatística indica que a utilização do Chrome é muito grande no Facebook para que a empresa passe a ignorá-lo. 

Enquanto isso, o Presidente da Google, Larry Page, em comunicado aos investidores em abril disse que a rede social da companhia, o Google+ agora tem mais de 100 milhões de usuários ativos, que é maior que os 90 milhões de usuários totais anunciados em janeiro. Para ele, a rede é um produto integral que vai ajudar no crescimento da empresa. Apesar das metas ousadas da Google, o Facebook ainda reina absoluto no mercado das redes sociais com sua base de usuários quase 10 vezes maior que a da concorrente.

Também Facebook está beliscando os calcanhares da Google, em termos de visitas únicas nos Estados Unidos. Segundo a empresa de pesquisa Nielsen, 171,3 milhões de visitantes únicos dos Estados Unidos visitaram os sites do Google em abril, que ficou em 1º lugar. O Facebook ficou em segundo lugar com 151,5 milhões. Curiosamente, o Facebook conseguiu prender a atenção de cada pessoa cerca de cinco horas a mais. Então, o que esses números significam? 

O Facebook domina as redes sociais. A Google domina a web. Ambos querem invadir o espaço do outro. A Google planeja fazer isso com o Google+, enquanto que o Facebook está se preparando para a batalha com a aquisição do navegador Opera. Esta competição acirrada significa somente uma coisa... guerra.

Fonte: 9to5google