quinta-feira, 24 de março de 2011

o blog oficial do orkut: Nossos pensamentos estão no Japão

o blog oficial do orkut: Nossos pensamentos estão no Japão: "Estamos acompanhando os acontecimentos do Japão e gostaríamos de demonstrar nosso apoio e nossos desejos de uma rápida recuperação com um d..."

o blog oficial do orkut: Nossos pensamentos estão no Japão

o blog oficial do orkut: Nossos pensamentos estão no Japão: "Estamos acompanhando os acontecimentos do Japão e gostaríamos de demonstrar nosso apoio e nossos desejos de uma rápida recuperação com um d..."

o blog oficial do orkut: Nossos pensamentos estão no Japão

o blog oficial do orkut: Nossos pensamentos estão no Japão: "Estamos acompanhando os acontecimentos do Japão e gostaríamos de demonstrar nosso apoio e nossos desejos de uma rápida recuperação com um d..."

terça-feira, 22 de março de 2011

Orkut cria perfil para brasileiros no Twitter

Orkut cria perfil para brasileiros no Twitter

A proposta é criar um canal direto com os usuários para divulgar novidades e mudanças no site

O Orkut resolveu criar, nesta segunda-feira, 21, a conta @orkutbrasil para manter mais um canal de informação com os usuários da rede social. O perfil - que traz notícias em português e já conta com mais de mil seguidores - tem a função de divulgar novidades e mudanças feitas no site. Antes, isso era feito pelo @googlebrasil.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Até o momento, o @orkutbrasil já postou seis tuítes. O último deles apresenta o botão "Gostou?", anunciado há cerca de duas semanas no blog do Google.
Os indianos - que representam o segundo lugar em acessos ao Orkut, depois do Brasil - também ganharam um perfil da rede social no Twitter - o @orkutindia, que até o momento conta com pouco mais de 20 seguidores.

Fonte: ODIA

Orkut cria perfil para brasileiros no Twitter

Orkut cria perfil para brasileiros no Twitter

A proposta é criar um canal direto com os usuários para divulgar novidades e mudanças no site

O Orkut resolveu criar, nesta segunda-feira, 21, a conta @orkutbrasil para manter mais um canal de informação com os usuários da rede social. O perfil - que traz notícias em português e já conta com mais de mil seguidores - tem a função de divulgar novidades e mudanças feitas no site. Antes, isso era feito pelo @googlebrasil.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Até o momento, o @orkutbrasil já postou seis tuítes. O último deles apresenta o botão "Gostou?", anunciado há cerca de duas semanas no blog do Google.
Os indianos - que representam o segundo lugar em acessos ao Orkut, depois do Brasil - também ganharam um perfil da rede social no Twitter - o @orkutindia, que até o momento conta com pouco mais de 20 seguidores.

Fonte: ODIA

Orkut cria perfil para brasileiros no Twitter

Orkut cria perfil para brasileiros no Twitter

A proposta é criar um canal direto com os usuários para divulgar novidades e mudanças no site

O Orkut resolveu criar, nesta segunda-feira, 21, a conta @orkutbrasil para manter mais um canal de informação com os usuários da rede social. O perfil - que traz notícias em português e já conta com mais de mil seguidores - tem a função de divulgar novidades e mudanças feitas no site. Antes, isso era feito pelo @googlebrasil.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Até o momento, o @orkutbrasil já postou seis tuítes. O último deles apresenta o botão "Gostou?", anunciado há cerca de duas semanas no blog do Google.
Os indianos - que representam o segundo lugar em acessos ao Orkut, depois do Brasil - também ganharam um perfil da rede social no Twitter - o @orkutindia, que até o momento conta com pouco mais de 20 seguidores.

Fonte: ODIA

segunda-feira, 21 de março de 2011

Google acusa a China de interferir nas contas de usuários do Gmail

Chineses reclamaram de dificuldades em enviar e-mails. Empresa diz que não encontrou problemas e culpa governo chinês.


Gmail mantém usuários conectados. (Foto: Reprodução) 
Gmail (Foto: Reprodução)

O Google está acusando o governo da China de interferir nas operações do Gmail, reportou o jornal britânico “The Guardian”. Usuários do serviço de e-mail reclamaram em fevereiro de ter experimentado problemas no Gmail, incluindo dificuldades de enviar mensagens e e-mails sendo marcados como não lidos.

“No nosso lado, não há problema algum, já verificamos intensamente”, disse um porta-voz do Google. “Este é um bloqueio do governo chinês criado, cuidadosamente, para parecer que o problema é com o Gmail”, completou.

A revelação surgiu depois de um post publicado pelo Google, em 11 de março, em que afirma que a companhia tem notado ataques altamente segmentados e, aparentemente, motivados politicamente contra os usuários. “Acreditamos que os ativistas podem ter sido um dos alvos”, escreveu o Google.



Fonte: G1

Google acusa a China de interferir nas contas de usuários do Gmail

Chineses reclamaram de dificuldades em enviar e-mails. Empresa diz que não encontrou problemas e culpa governo chinês.


Gmail mantém usuários conectados. (Foto: Reprodução) 
Gmail (Foto: Reprodução)

O Google está acusando o governo da China de interferir nas operações do Gmail, reportou o jornal britânico “The Guardian”. Usuários do serviço de e-mail reclamaram em fevereiro de ter experimentado problemas no Gmail, incluindo dificuldades de enviar mensagens e e-mails sendo marcados como não lidos.

“No nosso lado, não há problema algum, já verificamos intensamente”, disse um porta-voz do Google. “Este é um bloqueio do governo chinês criado, cuidadosamente, para parecer que o problema é com o Gmail”, completou.

A revelação surgiu depois de um post publicado pelo Google, em 11 de março, em que afirma que a companhia tem notado ataques altamente segmentados e, aparentemente, motivados politicamente contra os usuários. “Acreditamos que os ativistas podem ter sido um dos alvos”, escreveu o Google.



Fonte: G1

Google acusa a China de interferir nas contas de usuários do Gmail

Chineses reclamaram de dificuldades em enviar e-mails. Empresa diz que não encontrou problemas e culpa governo chinês.


Gmail mantém usuários conectados. (Foto: Reprodução) 
Gmail (Foto: Reprodução)

O Google está acusando o governo da China de interferir nas operações do Gmail, reportou o jornal britânico “The Guardian”. Usuários do serviço de e-mail reclamaram em fevereiro de ter experimentado problemas no Gmail, incluindo dificuldades de enviar mensagens e e-mails sendo marcados como não lidos.

“No nosso lado, não há problema algum, já verificamos intensamente”, disse um porta-voz do Google. “Este é um bloqueio do governo chinês criado, cuidadosamente, para parecer que o problema é com o Gmail”, completou.

A revelação surgiu depois de um post publicado pelo Google, em 11 de março, em que afirma que a companhia tem notado ataques altamente segmentados e, aparentemente, motivados politicamente contra os usuários. “Acreditamos que os ativistas podem ter sido um dos alvos”, escreveu o Google.



Fonte: G1

domingo, 20 de março de 2011

Saiba como limpar o seu Gmail


Quando o Gmail foi lançado, no início de 2004, tinha capacidade de 1 GB, o que parecia impossível de lotar. Era um exagero. E seletivo, só tinham Gmail pessoas que recebiam convites.

A partir de 2007, o email do Google foi liberado para todos e sua capacidade de armazenamento se multiplicou. A empresa lançou o projeto “infinito +1”, que consiste em aumentar diariamente sua capacidade de armazenamento (aproximadamente 4 bits por segundo). Hoje já é possível contar com mais de 7 GB de espaço para armazenamento de mensagens e mesmo assim estamos prestes a esgotar o espaço disponível.


Por isso, veja as dicas para você limpar seu Gmail. Não é nada mágico, infelizmente. Não há um programinha que faça isso sozinho. O trabalho é braçal mesmo, vamos à faxina:

1. Adeus, spam

O Gmail reconhece spams e manda direto para a lixeira. Mas esses e-mails ficam armazenados lá por 30 dias, se você não deletá-los. Então, clique no menu Spam e depois no link Excluir todas as mensagens de spam agora (Delete All Spam messages now). Isso já vai ajudar você a se a livrar de alguns MBs.

2. Fora, lixo

Apesar de você ser limpinho e jogar todo o seu lixo fora, o Gmail é igual aquelas pessoas neuróticas e apegadas. Ele acha que você pode se arrepender de ter mandado algum email importante para o lixo, então, mesmo que você apague uma mensagem, ela continua armazenada na sua caixa. Para deletá-la de vez, clique no menu Lixeira (Trash) e apague tudo que tem por lá. É recomendável fazer isso, pelo menos, uma vez por semana.

3. Caça aos mamutes

As mães e tias não sabem, mas elas lotam nossas caixas de e-mail com os arquivos de PowerPoint. Para encontrar as mensagens mais pesadas que estejam comendo espaço e nunca mais serão usadas, aproveite a busca com o operador “filename:”. Comece com “filename:pps” para encontrar e apagar os inúteis arquivos de PowerPoint. Depois, tente “filename:wmv”, “filename:mov” e “filename:MP3”.

4. Mensagens velhas

Ainda na busca do Gmail, use “before:”. Você pode encontrar mensagens velhas que não servem mais para nada com o operador “before:2007/03/20” (ano/mês/dia). Se você é como eu e não gosta de jogar fora os e-mails antigos, use “has:attachment before:2007/03/20″ e apague, pelo menos, as mensagens mais pesadas (com anexos).

5.  E-mails não lidos

Se você tem muitos e-mails não lidos na sua caixa de entrada e sabe que nunca mais vai precisar lê-los, pode simplesmente deletar tudo. Faça uma busca por “label:unread”. Clique em “Selecionar todas as XXXX mensagens” (Select all XXXX conversations) e depois delete tudo.

6. Sem apego

Para finalizar, faça uma visitinha na página de Rascunhos (Drafts) e E-mails Enviados (Sent Email) e apague as mensagens que não têm motivo algum para continuarem guardadas.

Depois disso, é só checar o número de armazenamento ali no pé da página.

Parabéns! Se você seguiu estes passos, agora o seu Gmail estará com mais espaço livre do que nunca.


Fonte: eband


Saiba como limpar o seu Gmail


Quando o Gmail foi lançado, no início de 2004, tinha capacidade de 1 GB, o que parecia impossível de lotar. Era um exagero. E seletivo, só tinham Gmail pessoas que recebiam convites.

A partir de 2007, o email do Google foi liberado para todos e sua capacidade de armazenamento se multiplicou. A empresa lançou o projeto “infinito +1”, que consiste em aumentar diariamente sua capacidade de armazenamento (aproximadamente 4 bits por segundo). Hoje já é possível contar com mais de 7 GB de espaço para armazenamento de mensagens e mesmo assim estamos prestes a esgotar o espaço disponível.


Por isso, veja as dicas para você limpar seu Gmail. Não é nada mágico, infelizmente. Não há um programinha que faça isso sozinho. O trabalho é braçal mesmo, vamos à faxina:

1. Adeus, spam

O Gmail reconhece spams e manda direto para a lixeira. Mas esses e-mails ficam armazenados lá por 30 dias, se você não deletá-los. Então, clique no menu Spam e depois no link Excluir todas as mensagens de spam agora (Delete All Spam messages now). Isso já vai ajudar você a se a livrar de alguns MBs.

2. Fora, lixo

Apesar de você ser limpinho e jogar todo o seu lixo fora, o Gmail é igual aquelas pessoas neuróticas e apegadas. Ele acha que você pode se arrepender de ter mandado algum email importante para o lixo, então, mesmo que você apague uma mensagem, ela continua armazenada na sua caixa. Para deletá-la de vez, clique no menu Lixeira (Trash) e apague tudo que tem por lá. É recomendável fazer isso, pelo menos, uma vez por semana.

3. Caça aos mamutes

As mães e tias não sabem, mas elas lotam nossas caixas de e-mail com os arquivos de PowerPoint. Para encontrar as mensagens mais pesadas que estejam comendo espaço e nunca mais serão usadas, aproveite a busca com o operador “filename:”. Comece com “filename:pps” para encontrar e apagar os inúteis arquivos de PowerPoint. Depois, tente “filename:wmv”, “filename:mov” e “filename:MP3”.

4. Mensagens velhas

Ainda na busca do Gmail, use “before:”. Você pode encontrar mensagens velhas que não servem mais para nada com o operador “before:2007/03/20” (ano/mês/dia). Se você é como eu e não gosta de jogar fora os e-mails antigos, use “has:attachment before:2007/03/20″ e apague, pelo menos, as mensagens mais pesadas (com anexos).

5.  E-mails não lidos

Se você tem muitos e-mails não lidos na sua caixa de entrada e sabe que nunca mais vai precisar lê-los, pode simplesmente deletar tudo. Faça uma busca por “label:unread”. Clique em “Selecionar todas as XXXX mensagens” (Select all XXXX conversations) e depois delete tudo.

6. Sem apego

Para finalizar, faça uma visitinha na página de Rascunhos (Drafts) e E-mails Enviados (Sent Email) e apague as mensagens que não têm motivo algum para continuarem guardadas.

Depois disso, é só checar o número de armazenamento ali no pé da página.

Parabéns! Se você seguiu estes passos, agora o seu Gmail estará com mais espaço livre do que nunca.


Fonte: eband


Saiba como limpar o seu Gmail


Quando o Gmail foi lançado, no início de 2004, tinha capacidade de 1 GB, o que parecia impossível de lotar. Era um exagero. E seletivo, só tinham Gmail pessoas que recebiam convites.

A partir de 2007, o email do Google foi liberado para todos e sua capacidade de armazenamento se multiplicou. A empresa lançou o projeto “infinito +1”, que consiste em aumentar diariamente sua capacidade de armazenamento (aproximadamente 4 bits por segundo). Hoje já é possível contar com mais de 7 GB de espaço para armazenamento de mensagens e mesmo assim estamos prestes a esgotar o espaço disponível.


Por isso, veja as dicas para você limpar seu Gmail. Não é nada mágico, infelizmente. Não há um programinha que faça isso sozinho. O trabalho é braçal mesmo, vamos à faxina:

1. Adeus, spam

O Gmail reconhece spams e manda direto para a lixeira. Mas esses e-mails ficam armazenados lá por 30 dias, se você não deletá-los. Então, clique no menu Spam e depois no link Excluir todas as mensagens de spam agora (Delete All Spam messages now). Isso já vai ajudar você a se a livrar de alguns MBs.

2. Fora, lixo

Apesar de você ser limpinho e jogar todo o seu lixo fora, o Gmail é igual aquelas pessoas neuróticas e apegadas. Ele acha que você pode se arrepender de ter mandado algum email importante para o lixo, então, mesmo que você apague uma mensagem, ela continua armazenada na sua caixa. Para deletá-la de vez, clique no menu Lixeira (Trash) e apague tudo que tem por lá. É recomendável fazer isso, pelo menos, uma vez por semana.

3. Caça aos mamutes

As mães e tias não sabem, mas elas lotam nossas caixas de e-mail com os arquivos de PowerPoint. Para encontrar as mensagens mais pesadas que estejam comendo espaço e nunca mais serão usadas, aproveite a busca com o operador “filename:”. Comece com “filename:pps” para encontrar e apagar os inúteis arquivos de PowerPoint. Depois, tente “filename:wmv”, “filename:mov” e “filename:MP3”.

4. Mensagens velhas

Ainda na busca do Gmail, use “before:”. Você pode encontrar mensagens velhas que não servem mais para nada com o operador “before:2007/03/20” (ano/mês/dia). Se você é como eu e não gosta de jogar fora os e-mails antigos, use “has:attachment before:2007/03/20″ e apague, pelo menos, as mensagens mais pesadas (com anexos).

5.  E-mails não lidos

Se você tem muitos e-mails não lidos na sua caixa de entrada e sabe que nunca mais vai precisar lê-los, pode simplesmente deletar tudo. Faça uma busca por “label:unread”. Clique em “Selecionar todas as XXXX mensagens” (Select all XXXX conversations) e depois delete tudo.

6. Sem apego

Para finalizar, faça uma visitinha na página de Rascunhos (Drafts) e E-mails Enviados (Sent Email) e apague as mensagens que não têm motivo algum para continuarem guardadas.

Depois disso, é só checar o número de armazenamento ali no pé da página.

Parabéns! Se você seguiu estes passos, agora o seu Gmail estará com mais espaço livre do que nunca.


Fonte: eband


GoogleMaps é atualizado para versão 5.2 – Confira as novidades e deixe seus amigos sem Android com inveja

via Blog do Android de Leonardo Lombardi em 15/03/11


Caso você não tenha acessado o Market recentemente, talvez não tenha visto que o Google Maps recebeu uma atualização, ou talvez você já atualizou e nem viu quais foram as mudanças no aplicativo. Como o Google Maps não pára de melhorar e adquirir mais recursos, aqui vai um apresentação dos principais:
  • Maps: o serviço de mapas que dá nome ao aplicativo. Dispensa apresentações. Alguns recursos recentes são:
    — Mapas 3D com edificações e monumentos. Recurso exclusivo para Android;
    — Mapas offline: os mapas das regiões que você mais usa ficam gravados no cache do seu aparelho de forma que você consegue utilizar mesmo sem internet. Recurso exclusivo para Android;
  • Navigation (Beta): navegador GPS passo a passo, por voz, com mapas ou streetview
  • Google Places com Hotpot: permite encontrar os tradicionais POIs (Pontos de interesse ) dos navegadores GPS (bancos, restaurantes, h0teis, atrações, postos de gasolina, etc). Também permite avaliar o estabelecimento e compartilhar seu review pelo twitter. Recurso exclusivo para Android;
  • Latitude: serviço semelhante ao famoso app Foursquare, permite compartilhar com os amigos o lugar aonde você está;
  • Latitude ping: você pode mandar uma mensagem rápida para um colega do Latitude invés de ter que mandar uma SMS ou fazer uma ligação. A pessoa quem você enviou a mensagem rápida receberá uma notificação para olhar a sua posição. Você também é avisado uma notificação quando a pessoa efetivamente checar sua localização. É bom para combinar de se encontrar em algum lugar.
  • Street View: dispensa apresentações. Mesmo serviço do desktop, no seu celular;
  • Layers: permite acessar todo o tipo de mapa (terreno, satélite, trânsito, mapas pessoais, etc)
E se você quiser deixar seus amigos com inveja, sejam eles usuários de BlackBerry, iPhone, Nokia ou Windows Mobile, basta conferir na tabela abaixo os recursos que cada um suporta.

via googleblog

GoogleMaps é atualizado para versão 5.2 – Confira as novidades e deixe seus amigos sem Android com inveja

via Blog do Android de Leonardo Lombardi em 15/03/11


Caso você não tenha acessado o Market recentemente, talvez não tenha visto que o Google Maps recebeu uma atualização, ou talvez você já atualizou e nem viu quais foram as mudanças no aplicativo. Como o Google Maps não pára de melhorar e adquirir mais recursos, aqui vai um apresentação dos principais:
  • Maps: o serviço de mapas que dá nome ao aplicativo. Dispensa apresentações. Alguns recursos recentes são:
    — Mapas 3D com edificações e monumentos. Recurso exclusivo para Android;
    — Mapas offline: os mapas das regiões que você mais usa ficam gravados no cache do seu aparelho de forma que você consegue utilizar mesmo sem internet. Recurso exclusivo para Android;
  • Navigation (Beta): navegador GPS passo a passo, por voz, com mapas ou streetview
  • Google Places com Hotpot: permite encontrar os tradicionais POIs (Pontos de interesse ) dos navegadores GPS (bancos, restaurantes, h0teis, atrações, postos de gasolina, etc). Também permite avaliar o estabelecimento e compartilhar seu review pelo twitter. Recurso exclusivo para Android;
  • Latitude: serviço semelhante ao famoso app Foursquare, permite compartilhar com os amigos o lugar aonde você está;
  • Latitude ping: você pode mandar uma mensagem rápida para um colega do Latitude invés de ter que mandar uma SMS ou fazer uma ligação. A pessoa quem você enviou a mensagem rápida receberá uma notificação para olhar a sua posição. Você também é avisado uma notificação quando a pessoa efetivamente checar sua localização. É bom para combinar de se encontrar em algum lugar.
  • Street View: dispensa apresentações. Mesmo serviço do desktop, no seu celular;
  • Layers: permite acessar todo o tipo de mapa (terreno, satélite, trânsito, mapas pessoais, etc)
E se você quiser deixar seus amigos com inveja, sejam eles usuários de BlackBerry, iPhone, Nokia ou Windows Mobile, basta conferir na tabela abaixo os recursos que cada um suporta.

via googleblog

GoogleMaps é atualizado para versão 5.2 – Confira as novidades e deixe seus amigos sem Android com inveja

via Blog do Android de Leonardo Lombardi em 15/03/11


Caso você não tenha acessado o Market recentemente, talvez não tenha visto que o Google Maps recebeu uma atualização, ou talvez você já atualizou e nem viu quais foram as mudanças no aplicativo. Como o Google Maps não pára de melhorar e adquirir mais recursos, aqui vai um apresentação dos principais:
  • Maps: o serviço de mapas que dá nome ao aplicativo. Dispensa apresentações. Alguns recursos recentes são:
    — Mapas 3D com edificações e monumentos. Recurso exclusivo para Android;
    — Mapas offline: os mapas das regiões que você mais usa ficam gravados no cache do seu aparelho de forma que você consegue utilizar mesmo sem internet. Recurso exclusivo para Android;
  • Navigation (Beta): navegador GPS passo a passo, por voz, com mapas ou streetview
  • Google Places com Hotpot: permite encontrar os tradicionais POIs (Pontos de interesse ) dos navegadores GPS (bancos, restaurantes, h0teis, atrações, postos de gasolina, etc). Também permite avaliar o estabelecimento e compartilhar seu review pelo twitter. Recurso exclusivo para Android;
  • Latitude: serviço semelhante ao famoso app Foursquare, permite compartilhar com os amigos o lugar aonde você está;
  • Latitude ping: você pode mandar uma mensagem rápida para um colega do Latitude invés de ter que mandar uma SMS ou fazer uma ligação. A pessoa quem você enviou a mensagem rápida receberá uma notificação para olhar a sua posição. Você também é avisado uma notificação quando a pessoa efetivamente checar sua localização. É bom para combinar de se encontrar em algum lugar.
  • Street View: dispensa apresentações. Mesmo serviço do desktop, no seu celular;
  • Layers: permite acessar todo o tipo de mapa (terreno, satélite, trânsito, mapas pessoais, etc)
E se você quiser deixar seus amigos com inveja, sejam eles usuários de BlackBerry, iPhone, Nokia ou Windows Mobile, basta conferir na tabela abaixo os recursos que cada um suporta.

via googleblog

Ubisoft entra nos Music Games com Rocksmith!

via Jovem Nerd de Stephan Martins em 16/03/11



Depois do fim de Guitar Hero, falta alguma franquia para concorrer com Rock Band. Mas agora, a competição terá de ser muito melhor, já que Rock Band 3 traz instrumentos de verdade, que podem ser tocados até fora do jogo.

Eis então que a Ubisoft anuncia Rocksmith, com um objetivo muito, muito ambicioso: permitir que qualquer guitarra ou violão eletrônico seja plugado no game, lhe permitindo jogar e até fazendo com que você aprenda a tocar, já que a dificuldade se ajustará às suas habilidades automaticamente.

Previsto para setembro deste ano, Rocksmith trará em torno de 45 músicas, com artistas como David Bowie, Rolling Stones, The Animals, The Black Keys, Nirvana e Interpol. A Ubisoft já está em negociações com a famosa produtora de guitarras Gibson, e planeja criar um pacote custando 200 dólares, que deverá vir com a guitarra básica para o jogo, além do próprio game.
O que diferencia Rocksmith dos outros? Segundo a própria Ubisoft:
"Guitar Hero é um jogo de festa. Rocksmith é uma experiência musical. A Ubisoft, com Rocksmith, irá criar toda uma nova geração de guitarristas. Os jogadores poderão sair do jogo sabendo tocar as músicas de cabeça."
É uma declaração deveras corajosa. Será um enorme fail se ela não cumprir. Mas, se cumprir, será algo verdadeiramente épico! Para PC, PS3 e Xbox 360. Não se sabe se o jogo trará qualquer instrumento além da guitarra.
Via CinemaBlend e The Escapist

Ubisoft entra nos Music Games com Rocksmith!

via Jovem Nerd de Stephan Martins em 16/03/11



Depois do fim de Guitar Hero, falta alguma franquia para concorrer com Rock Band. Mas agora, a competição terá de ser muito melhor, já que Rock Band 3 traz instrumentos de verdade, que podem ser tocados até fora do jogo.

Eis então que a Ubisoft anuncia Rocksmith, com um objetivo muito, muito ambicioso: permitir que qualquer guitarra ou violão eletrônico seja plugado no game, lhe permitindo jogar e até fazendo com que você aprenda a tocar, já que a dificuldade se ajustará às suas habilidades automaticamente.

Previsto para setembro deste ano, Rocksmith trará em torno de 45 músicas, com artistas como David Bowie, Rolling Stones, The Animals, The Black Keys, Nirvana e Interpol. A Ubisoft já está em negociações com a famosa produtora de guitarras Gibson, e planeja criar um pacote custando 200 dólares, que deverá vir com a guitarra básica para o jogo, além do próprio game.
O que diferencia Rocksmith dos outros? Segundo a própria Ubisoft:
"Guitar Hero é um jogo de festa. Rocksmith é uma experiência musical. A Ubisoft, com Rocksmith, irá criar toda uma nova geração de guitarristas. Os jogadores poderão sair do jogo sabendo tocar as músicas de cabeça."
É uma declaração deveras corajosa. Será um enorme fail se ela não cumprir. Mas, se cumprir, será algo verdadeiramente épico! Para PC, PS3 e Xbox 360. Não se sabe se o jogo trará qualquer instrumento além da guitarra.
Via CinemaBlend e The Escapist

Ubisoft entra nos Music Games com Rocksmith!

via Jovem Nerd de Stephan Martins em 16/03/11



Depois do fim de Guitar Hero, falta alguma franquia para concorrer com Rock Band. Mas agora, a competição terá de ser muito melhor, já que Rock Band 3 traz instrumentos de verdade, que podem ser tocados até fora do jogo.

Eis então que a Ubisoft anuncia Rocksmith, com um objetivo muito, muito ambicioso: permitir que qualquer guitarra ou violão eletrônico seja plugado no game, lhe permitindo jogar e até fazendo com que você aprenda a tocar, já que a dificuldade se ajustará às suas habilidades automaticamente.

Previsto para setembro deste ano, Rocksmith trará em torno de 45 músicas, com artistas como David Bowie, Rolling Stones, The Animals, The Black Keys, Nirvana e Interpol. A Ubisoft já está em negociações com a famosa produtora de guitarras Gibson, e planeja criar um pacote custando 200 dólares, que deverá vir com a guitarra básica para o jogo, além do próprio game.
O que diferencia Rocksmith dos outros? Segundo a própria Ubisoft:
"Guitar Hero é um jogo de festa. Rocksmith é uma experiência musical. A Ubisoft, com Rocksmith, irá criar toda uma nova geração de guitarristas. Os jogadores poderão sair do jogo sabendo tocar as músicas de cabeça."
É uma declaração deveras corajosa. Será um enorme fail se ela não cumprir. Mas, se cumprir, será algo verdadeiramente épico! Para PC, PS3 e Xbox 360. Não se sabe se o jogo trará qualquer instrumento além da guitarra.
Via CinemaBlend e The Escapist

Gmail e GTalk removidos dos Galaxy S comercializados pela Claro


 

via Meio Bit » Meio Bit de Ticiano Sampaio em 19/03/11

Gmail na Claro? Nananinanão...
Queixa comum entre os usuários mais críticos da plataforma Android: excesso de liberdade dada aos fabricantes de aparelhos e até mesmo às operadoras de telefonia móvel para que alterem, às vezes profundamente, o sistema operacional.
Pode ser apenas um launcher feio, lento e instável, ou uma customização mais invasiva que chega a atrapalhar a sincronização de contas, como o MOTOBLUR. Enfim, em maior ou menor grau, com exceção dos Nexus, todo sistema Android entregue ao consumidor final acaba trazendo certos inconvenientes dessa natureza.

O problema é que, quando entram em cena as operadoras, as alterações feitas sobre o sistema chegam a ganhar contornos de sabotagem, como é o caso dos aparelhos Samsung da linha Galaxy vendidos pela Claro que estão agora vindo sem aplicativos essenciais ao uso do Android, como o Gmail e o GTalk.
Para quem não conhece o Android pode parecer bobagem a falta de tais aplicativos, mas não é. O sistema operacional é pensado, por motivos óbvios, para girar em torno dos apps da Google. O Android funciona tão integrado ao Gmail que a tendência é que o seu endereço por lá passe a ser o seu e-mail principal conforme você vai utilizando o smartphone. O usuário passa a precisar da conta do Google para tudo, desde a sincronização dos seus contatos e da sua agenda de compromissos até a instalação de apps através do Android Market. Já que tudo está funcionando tão integrado ao GMail, acaba-se utilizando aquela conta também como e-mail principal, o que é muito mais prático, a não ser que você tenha comprado um Android da Samsung vendido pela Claro.
Segundo a Claro, as alterações feitas no Android tem a finalidade de melhor adequar o sistema ao uso de recursos oferecidos pela operadora e por seus parceiros e, caso o usuário queira usar os apps da Google que estão faltando, basta ir até o Android Market e instalá-lo, o que é uma mentira deslavada. Quem já mexeu com custom ROMs para esses smartphones sabe que, uma vez removidos os apps que deveriam estar ali nativamente, eles só podem ser devolvidos caso seja feita uma instalação embutida num arquivo update.zip a ser integrado ao sistema através do menu de recuperação. É um procedimento que não está, em absoluto, ao alcance do usuário comum.
O que a Claro está fazendo, não sei se com o conhecimento da Samsung e da Google, é vender smartphones "sabotados" para favorecer certos parceiros, como a própria empresa assume ao dar sua justificativa. É muito importante que esse alerta seja difundido, pois esses aparelhos não são nada baratos e a falta de tais apps ocasiona, sem dúvida, em um tremendo inconveniente para o consumidor.
Como usuário atento da plataforma, não é o primeiro caso do tipo que vejo por aí. A Oi vendeu muitos Motorola Quench com o arquivo onde devem ser salvas as configurações da conexão de dados vem marotamente sem permissão de escrita, embora eles te vendam o celular como desbloqueado.
Fonte: Info Exame.

Gmail e GTalk removidos dos Galaxy S comercializados pela Claro


 

via Meio Bit » Meio Bit de Ticiano Sampaio em 19/03/11

Gmail na Claro? Nananinanão...
Queixa comum entre os usuários mais críticos da plataforma Android: excesso de liberdade dada aos fabricantes de aparelhos e até mesmo às operadoras de telefonia móvel para que alterem, às vezes profundamente, o sistema operacional.
Pode ser apenas um launcher feio, lento e instável, ou uma customização mais invasiva que chega a atrapalhar a sincronização de contas, como o MOTOBLUR. Enfim, em maior ou menor grau, com exceção dos Nexus, todo sistema Android entregue ao consumidor final acaba trazendo certos inconvenientes dessa natureza.

O problema é que, quando entram em cena as operadoras, as alterações feitas sobre o sistema chegam a ganhar contornos de sabotagem, como é o caso dos aparelhos Samsung da linha Galaxy vendidos pela Claro que estão agora vindo sem aplicativos essenciais ao uso do Android, como o Gmail e o GTalk.
Para quem não conhece o Android pode parecer bobagem a falta de tais aplicativos, mas não é. O sistema operacional é pensado, por motivos óbvios, para girar em torno dos apps da Google. O Android funciona tão integrado ao Gmail que a tendência é que o seu endereço por lá passe a ser o seu e-mail principal conforme você vai utilizando o smartphone. O usuário passa a precisar da conta do Google para tudo, desde a sincronização dos seus contatos e da sua agenda de compromissos até a instalação de apps através do Android Market. Já que tudo está funcionando tão integrado ao GMail, acaba-se utilizando aquela conta também como e-mail principal, o que é muito mais prático, a não ser que você tenha comprado um Android da Samsung vendido pela Claro.
Segundo a Claro, as alterações feitas no Android tem a finalidade de melhor adequar o sistema ao uso de recursos oferecidos pela operadora e por seus parceiros e, caso o usuário queira usar os apps da Google que estão faltando, basta ir até o Android Market e instalá-lo, o que é uma mentira deslavada. Quem já mexeu com custom ROMs para esses smartphones sabe que, uma vez removidos os apps que deveriam estar ali nativamente, eles só podem ser devolvidos caso seja feita uma instalação embutida num arquivo update.zip a ser integrado ao sistema através do menu de recuperação. É um procedimento que não está, em absoluto, ao alcance do usuário comum.
O que a Claro está fazendo, não sei se com o conhecimento da Samsung e da Google, é vender smartphones "sabotados" para favorecer certos parceiros, como a própria empresa assume ao dar sua justificativa. É muito importante que esse alerta seja difundido, pois esses aparelhos não são nada baratos e a falta de tais apps ocasiona, sem dúvida, em um tremendo inconveniente para o consumidor.
Como usuário atento da plataforma, não é o primeiro caso do tipo que vejo por aí. A Oi vendeu muitos Motorola Quench com o arquivo onde devem ser salvas as configurações da conexão de dados vem marotamente sem permissão de escrita, embora eles te vendam o celular como desbloqueado.
Fonte: Info Exame.

Gmail e GTalk removidos dos Galaxy S comercializados pela Claro


 

via Meio Bit » Meio Bit de Ticiano Sampaio em 19/03/11

Gmail na Claro? Nananinanão...
Queixa comum entre os usuários mais críticos da plataforma Android: excesso de liberdade dada aos fabricantes de aparelhos e até mesmo às operadoras de telefonia móvel para que alterem, às vezes profundamente, o sistema operacional.
Pode ser apenas um launcher feio, lento e instável, ou uma customização mais invasiva que chega a atrapalhar a sincronização de contas, como o MOTOBLUR. Enfim, em maior ou menor grau, com exceção dos Nexus, todo sistema Android entregue ao consumidor final acaba trazendo certos inconvenientes dessa natureza.

O problema é que, quando entram em cena as operadoras, as alterações feitas sobre o sistema chegam a ganhar contornos de sabotagem, como é o caso dos aparelhos Samsung da linha Galaxy vendidos pela Claro que estão agora vindo sem aplicativos essenciais ao uso do Android, como o Gmail e o GTalk.
Para quem não conhece o Android pode parecer bobagem a falta de tais aplicativos, mas não é. O sistema operacional é pensado, por motivos óbvios, para girar em torno dos apps da Google. O Android funciona tão integrado ao Gmail que a tendência é que o seu endereço por lá passe a ser o seu e-mail principal conforme você vai utilizando o smartphone. O usuário passa a precisar da conta do Google para tudo, desde a sincronização dos seus contatos e da sua agenda de compromissos até a instalação de apps através do Android Market. Já que tudo está funcionando tão integrado ao GMail, acaba-se utilizando aquela conta também como e-mail principal, o que é muito mais prático, a não ser que você tenha comprado um Android da Samsung vendido pela Claro.
Segundo a Claro, as alterações feitas no Android tem a finalidade de melhor adequar o sistema ao uso de recursos oferecidos pela operadora e por seus parceiros e, caso o usuário queira usar os apps da Google que estão faltando, basta ir até o Android Market e instalá-lo, o que é uma mentira deslavada. Quem já mexeu com custom ROMs para esses smartphones sabe que, uma vez removidos os apps que deveriam estar ali nativamente, eles só podem ser devolvidos caso seja feita uma instalação embutida num arquivo update.zip a ser integrado ao sistema através do menu de recuperação. É um procedimento que não está, em absoluto, ao alcance do usuário comum.
O que a Claro está fazendo, não sei se com o conhecimento da Samsung e da Google, é vender smartphones "sabotados" para favorecer certos parceiros, como a própria empresa assume ao dar sua justificativa. É muito importante que esse alerta seja difundido, pois esses aparelhos não são nada baratos e a falta de tais apps ocasiona, sem dúvida, em um tremendo inconveniente para o consumidor.
Como usuário atento da plataforma, não é o primeiro caso do tipo que vejo por aí. A Oi vendeu muitos Motorola Quench com o arquivo onde devem ser salvas as configurações da conexão de dados vem marotamente sem permissão de escrita, embora eles te vendam o celular como desbloqueado.
Fonte: Info Exame.

sábado, 19 de março de 2011

Gmail Mobile


Gmail Mobile by JESS3 from JESS3 on Vimeo.

É incrível pensar em quanto tempo e energia são gastos para a confecção de um pequeno vídeo de 30 segundos. Mas quando você fala de uma animação stop-motion, pode levar horas e horas para produzir apenas um segundo da animação. A equipe JESS3 de Los Angeles trabalhou dia e noite para fazer este spot emocionante sobre a interface do Gmail móvel, já disponível nos navegadores de smartphones em 44 línguas, e aqui está o resultado desse belo trabalho.

Gmail Mobile


Gmail Mobile by JESS3 from JESS3 on Vimeo.

É incrível pensar em quanto tempo e energia são gastos para a confecção de um pequeno vídeo de 30 segundos. Mas quando você fala de uma animação stop-motion, pode levar horas e horas para produzir apenas um segundo da animação. A equipe JESS3 de Los Angeles trabalhou dia e noite para fazer este spot emocionante sobre a interface do Gmail móvel, já disponível nos navegadores de smartphones em 44 línguas, e aqui está o resultado desse belo trabalho.

Gmail Mobile


Gmail Mobile by JESS3 from JESS3 on Vimeo.

É incrível pensar em quanto tempo e energia são gastos para a confecção de um pequeno vídeo de 30 segundos. Mas quando você fala de uma animação stop-motion, pode levar horas e horas para produzir apenas um segundo da animação. A equipe JESS3 de Los Angeles trabalhou dia e noite para fazer este spot emocionante sobre a interface do Gmail móvel, já disponível nos navegadores de smartphones em 44 línguas, e aqui está o resultado desse belo trabalho.

Deixou seu Gmail aberto em outro computador? Saiba como fechá-lo a distância

Deixou seu Gmail aberto em outro computador? Saiba como fechá-lo a distância - TechTudo

Já aconteceu de você esquecer o seu e-mail aberto em outro computador e, depois, ficar com aquele medo de alguém ter acesso a todas as suas mensagens particulares? Afinal, além de ter a sua privacidade em xeque, você ainda corre o risco de ser sacaneado.

Deixou seu Gmail aberto em outro computador? Saiba como fechá-lo a distância

Deixou seu Gmail aberto em outro computador? Saiba como fechá-lo a distância - TechTudo

Já aconteceu de você esquecer o seu e-mail aberto em outro computador e, depois, ficar com aquele medo de alguém ter acesso a todas as suas mensagens particulares? Afinal, além de ter a sua privacidade em xeque, você ainda corre o risco de ser sacaneado.