sexta-feira, 8 de março de 2013

Google testa serviço de entrega similar ao da Amazon

O Google está desenvolvendo um serviço chamado Shopping Express, que ajuda comerciantes locais a vender seus produtos online e os entregá-los no mesmo dia.
 
Segundo informações da agência Reuters, o Google seria responsável por contratar a logística das entregas desde a coleta até a entrega no destino final. Desta forma, nem o Google e nem as lojas precisariam lidar diretamente com as entregas.

A fonte informou à agência, em condição de anonimato, que o projeto vem sendo liderado pelo diretor de produtos do Google especializado em e-commerce, Tom Fallows, que estaria realizando testes na região de São Francisco há pelo menos um mês. 

O serviço seria similar ao Amazon Prime, que cobra uma assinatura anual de cerca de 70 dólares, nos Estados Unidos, para entregas ilimitadas no mesmo dia e realizadas por meio do site.

O serviço do Google deverá custar cerca de 10 dólares mais barato e é possível que futuramente a empresa inaugure também uma loja online aos moldes da Amazon e eBay. O Google Shopping Express é mais uma demonstração de que a empresa pretende expandir seus negócios para além das buscas online, explorando o comércio eletrônico.
 
Fonte: info abril

YouTube lança novo layout para os canais

O YouTube estreia nesta sexta-feira (8) o novo layout para os canais dos usuários. Chamado de YouTube One Channel, o novo recurso estava disponível somente para um restrito número de usuários em sua versão beta. Agora, todos os canais podem atualizar suas páginas.
Uma publicação no blog oficial para parceiros do YouTube mostra as novidades da ferramenta. Os donos de canais podem inserir um trailer informativo para explicar um pouco sobre o projeto ao visitante que não está inscrito.

O novo layout também traz uma foto de capa, assim como no Facebook, chamado de Channel Art. Ela estará presente sempre que o visitante entrar na página, seja pelo PC ou por dispositivos móveis.

Para migrar para o novo layout, basta acessar o site oficial do One Channel e clicar no botão na parte inferior da página. O YouTube também chamou donos de canais famosos nos Estados Unidos e criou um vídeo explicando as novidades.

Fonte: info abril

Chega a R$ 75 milhões multas da Anatel ao grupo Oi

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) multou, nesta sexta-feira, mais uma vez, empresas do Grupo Oi. O motivo, recorrente, das punições é o descumprimento de metas de qualidade na prestação dos serviços da companhia.
Nesta sexta-feira, as multas aplicadas à operadora superam os R$ 14 milhões. Juntando esse valor às punições recebidas pela empresa desde o dia 15 de fevereiro, as sanções encostam nos R$ 75 milhões. A TNL PCS recebeu, nesta sexta-feira, duas multas, cada uma no valor aproximado de R$ 35 mil. 

A Telemar Norte Leste, três multas: R$ 6,7 milhões; R$ 3,2 milhões; e R$ 591 mil. A Oi S/A foi multada em R$ 3,2 milhões. Os despachos da Anatel com as punições estão no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira.

Fonte: exame abril

Site do Google I/O traz códigos especiais escondidos

Para chamar a atenção à sua conferência anual Google I/O, a empresa liberou o site oficial do evento que conta com diversas surpresas escondidas. Os “easter eggs”, como são chamados os códigos escondidos em páginas da internet, podem ser liberados conforme o usuário acerta uma sequência de cliques no logo do Google I/O.
Ao acessar o site do evento apenas um logo do evento é exibido. Ao clicar nas letras “I” ou “O” e acertar uma das inúmeras sequências criadas pelo Google, o usuário é redirecionado para outra página que pode trazer alguma animação, efeitos sonoros e até games.

Para saber se está no caminho certo, o Google exibe um indicador logo abaixo da imagem que muda de cor – vermelho ou verde – conforme o usuário esteja no caminho certo para liberar algum código surpresa.

O cadastramento para o evento será aberto somente no próximo dia 13 de março. E a conferência Google I/O será realizada entre os dias 15 e 17 de maio, nos Estados Unidos.

O Google utiliza esta conferência anual para anunciar futuros projetos e novos produtos. Em 2012 a empresa anunciou no evento seus óculos Project Glass, o tablet Nexus 7 e o sistema Android 4.1 Jelly Bean.

Fonte: info abril

quinta-feira, 7 de março de 2013

Facebook pode lançar Feed de Notícias redesenhado com conteúdos específicos

O Facebook fez um convite a imprensa para apresentar nesta próxima quinta-feira, (07), na sua sede em Menlo Park, Califórnia, uma nova interface de sua mais importante ferramenta, o Feed de Notícias. Segundo boatos, o conteúdo terá uma melhor apresentação, com uma filtragem mais eficiente, e será dividido por assuntos.

O Facebook tem negligenciado o seu Feed de Notícias, que é basicamente o mesmo desde que foi lançado na web em 2006, e para aplicativos de smartphones, em 2009, situando-se na parte superior da tela da rede social, com uma coluna com as fotos de seus contatos mostrando as últimas atualizações destes.

Porém, as notícias com conteúdo específico são difíceis de serem visualizadas e as mais importantes ou recentes se misturam de forma desorganizada.
Segundo rumores de funcionários anônimos do Facebook para o Tech Crunch, na nova interface da rede social o conteúdo do Feed de Notícias passará a ser apresentado em abas no topo da página, e permitirá que os usuários visualizem diferentes categorias de informações ao mesmo tempo.

Em um dos botões será possível visualizar melhor as imagens postadas no Facebook e no Instagram por seus amigos, fan pages e anúncios, apresentadas em um tamanho maior e dispostas como se estivessem em um álbum de fotos, podendo ainda ser visualizadas em tela cheia.

É provável que novas ferramentas de filtragem estejam disponíveis no Feed de Notícias, com as atualizações mais importantes e recentes separadas, e uma nova opção onde será possível saber quais foram as últimas músicas ouvidas pelos contatos, assim como shows agendados e álbuns recém lançados pelos músicos preferidos pelos usuário.

Dessa forma, o Facebook irá atualizar um de seus recursos mais valiosos, tornando a interação entre os usuários melhor. Depois de melhorar o seu app, modificar a exibição dos perfil e aprimorar ferramentas de busca, a rede social quer que os conteúdos publicados pelos usuários sejam melhor apresentados em seu novo News Feed de forma a facilitar e estreitar as relações entre os internautas.

Fonte:tech tudo

Celulares xing-ling deixarão de funcionar em 2014

Por imposição da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as operadoras de telefonia brasileiras vão construir um sistema para identificar e bloquear o uso de celulares não-homologados no país a partir de 2014. Na prática, os celulares xing-lings ou de fabricantes que não operam no país deixarão de funcionar no Brasil por falta de certificação. 

A Anatel enviou às operadoras Oi, TIM, Vivo e Claro um ofício no dia 16 de janeiro de 2013 cobrando que celulares não-homologados sejam bloqueados em até 12 meses. A agência reguladora fala sobre uma “solução tecnológica para coibir o uso de estações móveis não certificadas, com IMEI adulterado, clonado ou outras formas de fraude nas redes do SMP”.

A sigla IMEI significa “International Mobile Equipment Identity”, e é o número de identificação presente em cada telefone celular. Dentro da identificação consta um código que representa o modelo do aparelho, chamado de TAC. Os celulares piratas costumam usar IMEIs clonados para enganar as redes das operadoras.

De acordo com a Anatel, as operadoras deverão elaborar “possíveis critérios transitórios a serem implementados à base atual de usuários, de modo a minimizar os impactos sobre a população”. Ou seja, se os xing-lings foram mesmo bloqueados em 2014, progressivamente vão surgir campanhas no Brasil para conscientizar a população sobre os riscos de utilizar um celular não-homologado. Estima-se que, hoje, dezenas de milhões de unidades de modelos piratas estejam sendo utilizados no país.
 

O problema dos importados


O grande problema na decisão da Anatel é que a regra dos celulares piratas pode acabar afetando os dispositivos comprados no exterior. Modelos de fabricantes como HTC e Asus, por exemplo, dificilmente chegam a ser lançados no nosso país, o que leva alguns consumidores a importá-los ou adquirir por meio de revendedoras.

No entanto, se o modelo importado não for homologado pela Anatel, ele será considerado ilegal nesta nova medida das operadoras, já que seu IMEI não estará entre os modelos autorizados pela Agência. Resta saber se as operadoras vão fornecer algum recurso para quem possui aparelhos importados no país.

A questão dos aparelhos roubados


Muito além das falsificações e dos xing-lings, a medida da Anatel visa inutilizar aparelhos obtidos através de roubo. A agência reguladora quer criar um mecanismo que evite fraude e coíba o furto de celulares.


A ABR Telecom, que atualmente cuida do banco de dados da portabilidade numérica, será provavelmente a responsável pelo gerenciamento do sistema comum para identificação dos celulares não-homologados.

Essa determinação da Anatel está embasada no artigo 77 do regulamento do Serviço Móvel Pessoal (SMP): “As prestadoras devem dispor de meios para identificar a existência de fraudes na prestação do SMP, em especial aquelas consistentes na utilização de Estação Móvel sem a regular Ativação utilizando Código de Acesso associado a outra Estação Móvel”.


Fonte: tech tudo

quarta-feira, 6 de março de 2013

Samsung deve apresentar mais um Galaxy de baixo custo, diz site

A Samsung está desenvolvendo um smartphone de baixo custo com o codinome de Galaxy Pocket Neo. A informação é do site SamMobile.
O aparelho deve vir em duas versões: com um ou dois slots para cartões SIM. O smartphone teria especificações modestas, como uma tela de 3 polegadas com câmera traseira de 2 megapixels. Ele também contaria com conexões 3G e Bluetooth 4.0.

Ainda não há menções sobre o sistema operacional embarcado, mas é seguro, segundo a publicação, que deve contar pelo menos com a plataforma Android na versão 4.0 (Ice Cream Sandwich).

A Samsung deve apresentar o Galaxy Pocket Neo na cor prata próximo do dia 20 de março. O Pocket Neo chega para aumentar a família de smartphones Galaxy de baixo custo – que já conta com Galaxy Young e Galaxy Fame.


Fonte: info abril